O Bolo da Marta

A base é sempre a mesma, mas cada bolo é único. O Bolo da Marta é uma marca para os amantes de suspiros, uma vez que todos os bolos são feitos de suspiro, sendo que o que varia são as coberturas. E aí, os apreciadores têm um enorme leque à disposição, o que torna a decisão difícil.

Bolo da Marta surgiu do gosto que Marta Gonçalves tem por cozinhar. A empresária tinha por hábito fazer um bolo que levava a todas os jantares. Sem grandes expectativas e influenciada pelos amigos, em janeiro de 2012 a jovem licenciada em Comunicação Social criou uma página de Facebook para vender este bolo. “A ideia nunca foi fazer negócio, mas de repente, não sei como, já toda a agente conhecia O Bolo da Marta e começaram a chover encomendas”, explica Marta.

O sucesso foi tal que, quatro meses depois, abria no LX Factory, na Livraria Ler Devagar, em Lisboa, a primeira loja O Bolo da Marta. O conceito é simples: um bolo de suspiro que pode ser “comido todos os dias de forma diferente, sem enjoar do mesmo bolo”, garante a jovem empresária. O que diferencia os bolos são as coberturas que, para todos os gostos e em vários formatos, se adaptam também a diferentes tipos de eventos. “Fazemos desde o simples bolo redondo para um jantar, a bolos de casamento com vários andares. Temos também um carrinho de bolos que pode ser usado em eventos corporativos e casamentos e a novidade este ano é a Cake Van, que estará presente em eventos de Street Food”, esclarece Marta.

Na Livraria Ler Devagar, o cliente tem à disposição vários sabores de bolos à fatia, desde morangos, amoras, mirtilos, amêndoa, doce de leite, After Eight, doce de ovos, bolacha Oreo, entre outros. A opção pode também passar por taças de esmigalhado com cobertura de doce de leite, iogurte natural, nutella e frutos vermelhos. No local, uma fatia de bolo pode variar entre os 2,50 e os 2,80 euros e um bolo inteiro custa entre 25 e 28 euros.