Bastam alguns cliques para encontrar um restaurante e pessoas que partilhem o gosto por comida. Em almoços ou jantares, nos mais deliciosos restaurantes, a foodfriends quer juntar amigos ou desconhecidos em redor de uma mesa numa verdadeira partilha de experiências.

“Nesta era, não temos tempo para comer. Viajamos incessantemente, mudamos de cidade, e a nossa vida social torna-se, gradualmente, mais digital. Em vez de nos encontrarmos com outras pessoas pessoalmente, enviamos fotos do que estamos a comer. Na foodfriends, com apenas alguns cliques, conseguimos encontrar-nos com outras pessoas e descobrir os melhores restaurantes juntos”, refere Jan Marks, fundador da foodfriends. Esta aplicação, criada em 2015 em Palma de Maiorca, chegou a Portugal em 2016, após a Web Summit, evento em que se apresentou ao mercado, e desde então não parou de crescer, tendo atualmente 8500 utilizadores só no nosso país. No total, a foodfriends é uma comunidade de 13 mil apaixonados por comida.

Mais do que um guia tradicional de restaurantes, a foodfriends quer juntar apaixonados por comida para trocarem dicas e partilharem uma mesa. Depois de descarregar gratuitamente a aplicação, o utilizador preenche um perfil com os seus dados, interesses e preferências gastronómicas. Com uma possibilidade de escolha entre 90 restaurantes com vários tipos de cozinha espalhados pelo país, o utilizador seleciona um e procura pessoas com interesses coincidentes. Ao clicar na barra “Vamos comer juntos”, o utilizador entra num chat com essa pessoa ou com um grupo e a partir daí basta combinar uma refeição.

Apesar de a plataforma ser, acima de tudo, usada em Espanha e Portugal, estão a desenvolver-se iniciativas no sentido de a implementar na Alemanha e Austrália.