Em Viagem por Trás-os-Montes e Alto Douro

Com 31 municípios e cerca de 372 mil habitantes, Trás-os-Montes e Alto Douro é sinónimo de história, natureza e tradição, uma zona marcada por sabores e saberes. Nesta viagem, conheça as potencialidades e características da região.

Um Reino Maravilhoso, assim chamado por Miguel Torga, Trás-os-Montes e Alto Douro é uma terra de vales e montanhas onde o passado e a história ajudam a manter vivas tradições seculares que marcam a identidade portuguesa. A morfologia acidentada e as bacias hidrográficas do Douro, Côa e Sabor favorecem a prática de turismo de natureza. Na gastronomia, os sabores são ricos variando entre carnes, peixe, enchidos e recursos cinegéticos. Habitada desde a pré-história, a região tem locais que vale a pena visitar, alguns já distinguidos pela UNESCO.

S. João da Pesqueira

No coração da primeira região vitivinícola demarcada do mundo, o Douro, S. João da Pesqueira detém a maior área considerada pela UNESCO como Património Mundial em Portugal. O aroma e o sabor do vinho estão presentes em S. João da Pesqueira, o primeiro concelho a receber uma carta de foral no nosso país.

Freixo de Espada à Cinta

No nordeste transmontano, na margem direita do Douro, Freixo de Espada à Cinta é uma vila agrícola em que a azeitona, o azeite à e a seda são os produtos mais reconhecidos. A riqueza natural e o património edificado valorizam o concelho e atraem turistas.

Vila Flor

Em Vila Flor, o clima mediterrânico favorece as culturas do azeite e o vinho, que se assumem como os principais produtos gastronómicos. Fernando Barros, presidente da Câmara Municipal, revela quais as mais-valias e potencialidades do município transmontano.

Favaios

É na freguesia de Favaios, no concelho de Alijó, que é produzido um moscatel com características únicas. Além do moscatel de Favaios, também o pão é um produto importante. Ana Cristina Moreira, presidente da Junta de Freguesia, explica quais as potencialidades dos produtos de Favaios.

Descubra mais sobre estes e outros municípios de Trás-os-Montes e Alto Douro na compra da 2ª edição da revista.