Em viagem pelo Baixo Alentejo

Engloba todo o distrito de Beja e a metade sul do distrito de Setúbal, num total de 18 municípios. O Baixo Alentejo é uma das duas regiões de Portugal que atravessa o país desde o Atlântico até Espanha, destacando-se a diversidade paisagística, os sabores tradicionais, os costumes antigos e um património edificado único. Venha connosco até ao Baixo Alentejo e encante-se com a região.

Limitado a norte pelo Alto Alentejo, a sul pelo Algarve e a leste por Espanha, o Baixo Alentejo encara o Oceano Atlântico num território de clima mediterrânico que proporciona belas paisagens de mar, terra e rio. Mas o Baixo Alentejo é muito mais do que a sua localização geográfica. É uma região onde as tradições antigas estão vivas e são alvo do reconhecimento internacional. É uma região com património edificado histórico que conta a origem da nacionalidade. É uma região marcada pelo seu povo, que sabe e gosta de receber e que criou uma gastronomia que aproveita da melhor forma os recursos naturais, confortando corpo e alma.

Barrancos

Município raiano do Alentejo a cerca de 400 metros de altitude, Barrancos é o terceiro município menos povoado de Portugal, mas mantém vivas as suas origens, tradições e saberes, alicerçados na forte proximidade com Espanha e num património natural que permite à vila afirmar-se como destino de turismo de natureza. A autarquia aposta na valorização destas características como meio de atratividade de investimento e turismo.

Amareleja

Iluminada pelos tons amarelos que dão cor às flores que pintam os verdes campos, Amareleja é a terra com mais horas de sol do país, onde as temperaturas facilmente atingem valores recorde. Nesta vila o mel, os queijos, os vinhos de Talha, os enchidos de porco alentejano e azeite são parte da economia e da gastronomia local, mas há muito mais para descobrir.
Veja a reportagem sobre a freguesia da Amareleja no nosso canal do YouTube

Beja

Cidade antiga que se eleva sobre a planície, Beja é capital de distrito e capital do Baixo Alentejo, destacando-se pelo património edificado, pela beleza natural e pela gastronomia que tem como base o pão, o azeite e o vinho.

Cabeça Gorda

No extremo sul do concelho de Beja, a freguesia de Cabeça Gorda tem cerca de 1400 habitantes e caracteriza-se pela enorme mancha florestal que marca a paisagem. O cogumelo Silarca é um dos produtos locais, em torno do qual decorre o Silarca – Festival do Cogumelo, um evento de crucial importância para Cabeça Gorda e para a região.

Descubra mais sobre estes municípios do Baixo Alentejo na compra da 10ª edição da revista.