Em viagem pelo Alto Alentejo

É uma das subregiões do Alentejo, dividida em dois distritos, numa área de mais de 13450 quilómetros quadrados. O Alto Alentejo é composto por 29 municípios e 138 freguesias dos distritos de Portalegre e Évora, tendo mais de 239 mil habitantes. É uma região que se distingue pela riqueza gastronómica, pelas paisagens, pelas tradições e por um património bem preservado.

Um paraíso branco e azul de quintas rurais onde o lilás aromático da alfazema, o verde dos sobreiros e oliveiras e o amarelo do trigo pintam a paisagem que, aqui e ali, é pontuada por cabritos ou carneiros criados ao ar livre sobre o olhar atento do Rafeiro do Alentejo, fiel ao típico pastor alentejano. Com características naturais únicas, o Alto Alentejo é uma região cada vez mais procurada por turistas, que encontram neste território a perfeita combinação entre saborosa e diversificada gastronomia, paisagens deslumbrantes, património histórico, festividades e romarias e tradições artesanais.

Montemor-o-Novo

Edificada entre três montes, a cidade de Montemor-o-Novo é marcada pelo seu diversificado património, em que o castelo e os vestígios arqueológicos merece especial destaque. Com a paisagem favorecida pelos montados, este concelho tem-se afirmado com um destino turístico, combinando saberes, sabores e história.

Arronches

Com pouco mais de 3000 habitantes, Arronches terá as suas origens numa antiga povoação romana. Importante praça de armas durante o reinado de D. Dinis, mantém vestígios históricos de relevo, como o castelo. Neste concelho raiano do distrito de Portalegre, a gastronomia, o artesanato e as tradições são os elementos diferenciadores.

Alter do Chão

Com 785 anos de história, Alter do Chão localiza-se no coração do Alto Alentejo e assume-se como um território com um importante património, repartido entre o casario branco de faixa colorida e as casas senhoriais. Além dos monumentos, este concelho é marcado pela tradição equestre e pelos sabores típicos, como o açafrão.

Reguengos de Monsaraz

Reguengos de Monsaraz tem a sua paisagem marcada pelo Grande Lago Alqueva, sendo ainda herdeiro de 150 achados arqueológicos. No entanto, é na gastronomia e nos vinhos que o concelho se afirma internacionalmente, de que é exemplo a Cidade Europeia do Vinho 2015.

Descubra mais sobre estes municípios do Alto Alentejo na compra da 7ª edição da revista.