De aspeto robusto, olhar terno e forte instinto de guarda, o cão Serra da Estrela é companhia frequente dos rebanhos que pastam na maior área protegida em solo português. Fundada em 2010, a Confraria do Cão Serra da Estrela tem como objetivo a valorização histórica, patrimonial, cultural, social, lúdica e de trabalho desta raça.

Como marca identitária da região e mais do que um companheiro fiel, o Serra da Estrela é um cão de guarda que ajuda a que os longos dias dos pastores na Serra sejam mais fáceis de suportar, auxiliando no controlo dos rebanhos. Um passeio pela serra mais alta de Portugal Continental permite aos visitantes cruzarem-se várias vezes com estes cães.

A origem do cão Serra da Estrela perde-se no tempo, sendo considerada uma das raças mais antigas da Península Ibérica. Esta raça tem como parentes o Castro Laboreiro e o Rafeiro Alentejano e acredita-se que descende do Mastin do Tibete, apesar de ter a sua origem na Serra da Estrela. Sendo um cão de guarda e proteção, o Serra da Estrela dispõe de instintos que o tornam desconfiado perante os estranhos e tipicamente dócil com o seu dono, tendo como principal tarefa a guarda de habitações, quintas e rebanhos. Por detrás do seu aspeto robusto, o Serra da Estrela é um cão com olhar terno, expressão tranquila e atenta e personalidade alegre e dinâmica. Além disso, tem todas as qualidades necessárias para esta região agreste, sendo inteligente, leal, valente versátil. O pêlo áspero ajuda-o a sobreviver ao Inverno rigoroso e, em tempos antigos, a sua força permitia-lhe defender-se dos rebanhos dos lobos. A sua beleza, inteligência, robustez e personalidade dócil são características que lhe permitem ser mais do que um cão de guarda, destacando-se como uma excelente companhia e como uma boa terapia para crianças, mas também como um amigo para pessoas portadoras de deficiência.

Fundada a 21 de maio de 2010, a Confraria do Cão Serra da Estrela tem como intuito a valorização histórica, patrimonial, cultural, social, lúdica e de trabalho do Serra da Estrela, a par da promoção e divulgação da raça. Agregando amigos, criadores, clubes, associações e outras entidades relacionadas com esta raça, contabiliza 60 confrades efetivos e oito confrades de Honra, espalhados um pouco por todo o país, e tem sede na Aldeia Histórica de Sortelha. No âmbito da sua atividade, a Confraria apoia e colabora com todas as associações e clubes da raça espalhadas pelo mundo e, muito concretamente em Portugal, a Associação Portuguesa do Cão da Serra da Estrela (APCSE) e a Liga dos Criadores e Amigos do Cão Da Serra da Estrela (LICRASE).