Confraria do Butelo e da Casula

Butelo com casulas é um prato típico da região transfronteiriça nordestina apreciado, principalmente, na altura do Carnaval. Em entrevista, Nuno Pires, Grão-Mestre da Confraria do Butelo e da Casula, explica quais as características únicas deste prato.

Quais as características específicas do butelo com casulas? Como pode ser definido este prato transmontano?

Butelo com casulas é um prato tradicional, sobretudo da região transfronteiriça nordestina. É, na verdade, uma refeição genuinamente singular que, em tempos idos, era degustada em dias frios, com a família à volta da mesa, principalmente na época carnavalesca. Digamos que se trata de uma refeição de afetos, não só pelo contexto em que era e é partilhada, mas também porque, nomeadamente no meio rural, a sua confeção implicava tempo e dedicação. Para além de alguns produtos terem de ficar de molho desde o dia anterior, como é o caso das casulas, a senhora da casa colocava os potes logo de manhã ao lume, para que a cozedura decorresse de forma a que a osmose dos produtos e os sabores ficasse perfeita. É certo que, durante algum tempo, este típico prato, tendo em conta as suas caraterísticas, deixou de ser devidamente valorizado. Porém, com o surgimento, em Bragança, da Confraria do Butelo e da Casula, decorrente a inerente divulgação, esta ementa tornou-se uma verdadeira iguaria nordestina, muito apreciada, tornando-se uma referência ímpar da gastronomia local e nacional.

A Confraria do Butelo e da Casula foi criada em 2011. Quais os seus principais objetivos e atividades?

Os objetivos que estiveram na origem da criação da Confraria do Butelo e Casula prenderam-se, sobretudo, com a promoção e divulgação destes dois produtos singulares da gastronomia regional, que pareciam esquecidos. A Confraria acaba por promover todos os outros produtos regionais, como o azeite, as batatas o pão, o vinho. Por outro lado, não é esquecida a vertente promocional da região nordestina, nas suas particularidades ambientais, turísticas e culturais. Por outro lado, esta Confraria sustenta-se na base dos afetos e dos valores educativos, de urbanidade e cidadania, não esquecendo a vertente solidária.

Realizou-se em Bragança o Festival do Butelo e da Casula. De que forma é que estas atividades são importantes para promover o produto?

Todas as atividades que potenciem uma divulgação sustentada, contextualizada na coerência entre os produtos que se promovem e a qualidade dos mesmos, acabam por ter sucesso. E, neste domínio, a Confraria têm protagonizado um desempenho de sucesso, razão pela qual os produtos que lhe dão o nome têm vindo a ser evolutivamente tão apreciados. Se nada de promocional existia antes de a Confraria ter sido fundada, hoje pode avaliar-se a sua ação também pelo facto de ter potencializado a realização do Festival do Butelo e das Casulas. A Confraria do Butelo e da Casula tornou-se, no espaço de cinco anos, uma organização de referência no contexto gastronómico transmontano e na promoção turística e cultural do mesmo.