Cerveja Vadia

A cerveja Vadia assume-se como uma proposta de cerveja artesanal de qualidade, um produto de consumo fácil e adaptado ao gosto da maioria do consumidor português, associado a momentos de convívio e festa. A história da Vadia começa em 2007 pela mão do cervejeiro Nicolas Billard, a quem se juntaram Nuno Marques e Victor Silva.

Com uma abordagem inovadora à cerveja artesanal, “o nome “Vadia” surgiu pelos amigos dos cervejeiros, fruto de longas ausências forçadas pelas prolongadas brassagens”, explica Nicolas Billard. Em 2012 a empresa iniciou a comercialização das quatro primeiras referências – Preta, Ruiva, Pilsner e Trigo. Cinco anos depois, já pode encontrar sete tipos distintos de cerveja Vadia, disponíveis em garrafa e barril: Trigo (Wheat Beer), Preta (Dark Lager), Loira (German Pilsner), Rubi (Strong Red Lager), Extra (Strong Amber Ale), Orgânica (American Pale Ale) e Ginja (Fruted Lager). Além destes tipos de cerveja, o portfólio da empresa inclui cervejas sazonais e cervejas de autor para outras marcas. Atualmente, a cerveja Vadia pode ser encontrada no mercado de grande distribuição nacional. A exportação desta cerveja artesanal já é realizada para França, Bélgica, Luxemburgo, Suíça, China e Tailândia.

No final de 2015, a Vadia criou um novo projeto, o Vadia BrewPub, um local que agrega diversas valências, nomeadamente fábrica de cerveja artesanal, pub e sala de espetáculos e reuniões. Este espaço está preparado para receber espetáculos, eventos empresariais e privados e visitas escolares. No Vadia BrewPub pode ainda jantar e degustar as cervejas artesanais.