Recuemos até 14 de agosto de 1385, no Campo de São Jorge, em Calvaria de Cima, atual concelho de Porto de Mós. Nesse final de tarde, as tropas portuguesas comandadas por D. João I de Portugal e pelo condestável D. Nuno Álvares Pereira derrotaram o exército castelhano. Hoje em dia, nesse mesmo local, há um moderno centro de interpretação que explica o desenrolar dos acontecimentos, os seus antecedentes e as consequências desta batalha.

O Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota (CIBA), fundado em 2008, é composto por diversos espaços, interiores e exteriores. No exterior é possível circular pelo campo, com o auxílio de um circuito de áudio-guias que informa sobre alguns dos momentos decisivos deste episódio marcante da história de Portugal. No interior do CIBA existem vários núcleos com ferramentas de interpretação interativas onde é possível “sobrevoar” a região e ver o caminho dos exércitos, tocar nas
réplicas das armas utilizadas, explorar vestígios arqueológicos, como os ossos dos combatentes, e ainda assistir a um espetáculo multimédia que recria a batalha e o enredo.

Além das visitas regulares, o CIBA tem um Serviço Educativo através do qual promove atividades lúdicas, visitas temáticas, workshops e visitas-teatro. Quem visitar o centro interpretativo pode ainda experimentar cozinha de inspiração medieval no restaurante temático.