Casca Rija

A ideia da Casca rija começou pelas mãos de Patrícia Contreiras que, na sua cozinha, criou manteigas de frutos secos totalmente naturais e artesanais que primam pela qualidade. A marca foi oficialmente lançada em outubro de 2016 e prevê para o final deste ano o lançamento de novos sabores.

Manteigas 100 por cento frutos secos, produzidas de forma artesanal e natural que misturam sabores de forma inovadora. Esta é a proposta da Casca Rija, uma marca recente no mercado. “A marca Casca Rija deve o seu nome ao facto de a maioria dos produtos que contêm frutos secos fazerem referência nos ingredientes ao seguinte “pode conter vestígios de frutos de casca rija”. Como o nome era apelativo e português optamos por usa-lo como marca”, explicam.

A ideia desta empresa começou na cozinha de Patrícia Contreiras, com formação em Biologia Molecular e Genética. A empreendedora começou a criar as suas próprias manteigas, sem óleos, sem conservantes, sem açúcares refinados e da forma mais natural possível, mantendo sempre a qualidade e o sabor. A ela juntou-se Jorge Moedas, com formação em Design, responsável pelo branding da marca.

Em outubro do ano passado, após alcançarem o top 3 do Acredita Portugal, o maior concurso de empreendedorismo realizado no nosso país, os dois jovens lançaram a Casca Rija. A marca quer ser associada a “produtos de qualidade, naturais e saborosos, com design moderno e símbolo de inovação, originalidade e empreendedorismo”.

Neste momento, a Casca Rija conta com seis sabores no mercado: Puro Amendoim, manteiga de amendoim 100 por cento natural, Amendoim Pepitas, manteiga de amendoim com pedaços de chocolate, Amendoim Guloso, manteiga de amendoim com pedaços de chocolate branco, Pura Amêndoa, manteiga de amêndoa com torrão doce e sal rosa dos Himalaias, e Puro Caju, manteiga de caju 100 por cento natural. Para o final deste ano está previsto o lançamento de novos sabores.

As manteigas Casca Rija podem ser compradas no site da marca e em locais de revenda em Évora, Penafiel, Linda-a-Velha, Olhão, Lisboa, Leiria, Ermesinde, Prior Velho e Torres Novas.