Beesweet

A paixão pelas abelhas, pelo mel e a criatividade estão na origem da Beesweet, uma projeto lançado por duas jovens portuguesas, Ana Pais e Carla Pereira, que representam a terceira geração de uma família de apicultores. Sedeada em Oliveira de Azeméis, a Beesweet aposta na missão ambiental e social, apostando na divulgação e promoção da importância da proteção das abelhas e da utilidade do mel que, por ser uma fonte de proteínas, vitaminas e minerais, incorporado na gastronomia, poderá ser um aliado na prevenção de doenças.

Mais do que um alimento, o mel aromatizado da Beeswet aposta na inovação como meio de diferenciação. Inovador, orgânico e de alta qualidade, o mel produzido é embalado utilizando a criatividade e o cunho pessoal das fundadoras da empresa. Os sabores do mel são diferenciados através de números, uma estratégia de comunicação adotada pela Beesweet. O No88 Fire, por exemplo, é um mel de sabor picante com uma forte orientação para o mercado do Oriente. O mel No66 Beelove é um mel de notas intensas e aroma a frutas da selva, café e cereja, indicado para festejar momentos especiais, aconselha a empresa.

O mel da Beesweet é aromatizado recorrendo apenas a plantas aromáticas e, desta forma, os benefícios existentes no mel são ainda mais potenciados. Produzido por abelhas a partir da retirada do néctar das flores, o mel é um composto rico em vitaminas e minerais com propriedades curativas. O mel Beesweet contribui para o aumento da energia, a redução da fadiga muscular, o tratamento de tosses, combate a insónia, regula o açúcar no sangue, reduz o peso e melhora a digestão. A gama de produtos da empresa inclui uma diversidade de meles adequada a cada uma destas características.

O Beebombom by Beesweet é a mais recente inovação da marca. Os bombons são recheados de néctar aromatizado com flocos de ouro comestível. O chocolate pode ser recheado com três dos produtos da marca: No25 Christmas, com aroma a canela, No88 Fire, picante, e No5 Winter, aroma a menta.